Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bolos da Verinha

Bolos da Verinha

Receita com Maracujá e Ananás

Receita Semi-Frio de Maracujá e Ananás
Ingredientes 12 pessoas:
  • 180g de bolacha de manteiga picada
  • 80g de manteiga
  • 1 lata de leite condensado com 397g
  • 350 ml de polpa de maracujá sem sementes
  • 200 ml de natas para bater
  • 7 folhas de gelatina
  • 100 ml de leite
  • Gelatina de ananás em pó para meio litro (500 ml)
  • 200 ml de água
  • 300 ml de calda de ananás
  • 7 rodelas de ananás em calda

Semi-Frio-de-Maracuja-e-Ananas-SI-2.jpg

 http://www.saborintenso.com/f23/semi-frio-maracuja-ananas-29623/

Preparação:

1. leve ao lume num tacho manteia até derreter. Apague o lume e misture a bolacha.

Espalhe numa forma e acalque bem até ficar uma base compacta, leve ao frigorifico até ficar rijo. 

2. Demolhe duas folhas de gelatina sem cor em água fria durante 5 minutos. Ao lume leve leite, quando estiver quente adicione as folhas de gelatina e mexa, quando estiverem bem dissolvidas retire do lume.

 

3. Bata as natas até ficarem consistentes, vá adicionando o leite condensado e a polpa de maracujá e as folhas de gelatina dissolvidas no leite, misturo tudo muito bem.  

4. Espalhe o creme  por cima da bolacha.
Leve ao frigorífico 


5. quando a mistura estiver solidificada leve ao lume água e deixe ferver, junte gelatina em pó, quando estiver dissolvida apague o lume e junte a calda de ananás e misture. Deixe em repouso até ficar morna.

 

6. distribua as rodelas de ananás por cima do semi-frio. por fim regue com a gelatina de ananás e leve ao frio até solidificar. 

 

Contacto bolosdaverinha91@gmail.com

 

Amigas e os Bolos

12417568_1184035781630406_8111236699997201436_n.jp

Olá a todos! Neste novo post quero partilhar o gosto de fazer os amigos sorrir, quando são surpreendidos com gestos simples de puro carinho. Foi isso que aconteceu em Março deste ano, quando uma pessoa muito especial para mim fez anos. Estava de férias e decidi fazer um bolo para a surpreender no trabalho. Sendo ela uma mulher de armas, lutadoura e que raramente lamenta. O bolo tinha de ser delicado, tal como ela, com os seus amigos e familiares, tinha de ser doce e alegre. A massa foi de pão de ló normal, pois é uma mulher simples e comum, com cobertura de chocolate com leite condensado. Pois ela é a junção de doçura e de um espirito guerreiro, para conquistar amigos e inimigos. As flores representam o espirito jovem e alegre que a acompanha todos os dias e o laço simboliza o que nos uniu e que já mais se irá desenlaçar. 

 

Os amigos são a familia que podemos escolher com o passar da vida, alguns surgem do nada mas marcam a nossa vida de uma forma que já mais iremos esquecer. Não somos amigas há longos anos, mas tenho a certeza que todos os anos em Março teremos um bolo para cortar e histórias para contar. 

 

Que a amizade seja eterna entre todos, acompanhados com doces momentos.